6 outubro, 2017

Espírito livre

O filme brasileiro ‘Gabriel e a Montanha’ saiu com dois prêmios do Festival de Cinema de Cannes. Entenda o motivo

Gabriel e a Montanha é o novo longa que vai arrancar lágrimas das audiências mundo afora. O filme conta a trajetória de Gabriel Buchmann, um economista brasileiro que foi se aventurar na África, de onde nunca voltou: ele decidiu escalar uma montanha no Maláui sem a companhia de um guia. Fellipe Barbosa, o diretor do filme, era amigo de infância de Gabriel e começou a escrever o roteiro quando surgiu a notícia de desaparecimento do carioca.

A trama participou do prestigioso Festival de Cinema de Cannes. Eles receberam dois prêmios: um de revelação para o diretor, Fellipe, e outro de distribuição, que garantiu a estreia, em agosto, nos cinemas franceses.

Além de contar a história do amigo, Fellipe pretendia, com o filme, apresentar uma África diferente. “Fazer esse filme foi uma maneira de reencontrar o Gabriel. Senti também que era uma oportunidade de fazer uma cartografia humana dessa região do mundo tão distante, porém tão próxima de nós. O retrato de uma África humana e hospitaleira, longe dos estereótipos”, disse.

A estreia do filme, em solo verde-amarelo, será no próximo dia 11 de outubro no Festival de Cinema do Rio de Janeiro (já viu nossa lista com os melhores filmes LGBT que estarão do festival?). No comecinho de novembro, no entanto, a trama chegará nas telonas espalhadas pelo Brasil. A gente está louco para assistir! Veja o trailer aqui embaixo.


Leia mais…

Atores que recusaram papeis para não interpretar um personagem gay

Filme sobre homem com máscara de unicórnio matando Drag Queens? Sim, existe!

Tem Jamie Dornan molhadinho na continuação de ’50 Tons de Cinza’. Ui!

Tudo sobre a continuação do filme gay ‘Boy Culture’

“My Friend Dahmer é o filme sobre o serial killer gay americano. Medo!

“Beach Rats”: o filme gay que conquistou os festivais e, agora, os cinemas

O novo filme gay finlandês que a gente não vê a hora de assistir!