11 maio, 2017

Piscina de verdades

“A gente tem que segurar as mãos em público!”, diz o nadador gay Ian Thorpe, que relembra o episódio de se assumir para a família e amigos

Cinco vezes medalhista de ouro, o nadador Ian Thorpe é um dos grandes nomes gays no esporte. O nadador se assumiu publicamente em 2014, e vive dando depoimentos sobre o episódio. [A gente já falou sobre isso aqui e aqui]. Mas voltar ao tema nunca é demais. Principalmente, enquanto a “opção” sexual ainda for algo determinante no universo esportivo.

Durante um programa da ABC, Ian contou mais alguns detalhes do momento. “Eu queria ter saído do armário mais cedo”, disse. “Você sabe, a primeira vez que eu fui ‘apontado’ como gay eu tinha… acho que 16 anos”. A gente sabe bem que o bullying é uma questão perturbadora nas escolas mundo afora. “E como eu estava sendo ‘apontado’ dessa forma, era como se aquilo fosse uma coisa ruim”, pontua.

Demorou anos para o nadador se acostumar com ideia, principalmente vindo de uma família conservadora. Ao contrário do que se espera, ele recebeu todo o apoio da família e dos amigos. E, hoje, questiona a situação LGBT no mundo e na Austrália, onde vive. “É estranho porque (os gays) ainda têm que pensar sobre, você sabe, segurar ou não as mãos em público. A gente tem que segurar as mãos!”, garante.

Segurar as mãos na sua terra natal é extremamente importante nos dias atuais – eles estão decidindo se os gays poderão ou não se casar legalmente. “Eu acredito ser importante ter igualdade no casamento neste país, e acho importante isso acontecer agora!”, fala. “Eu sei o que é crescer como uma pessoa de ‘segunda classe’, sentindo que o que você está fazendo é errado. E isso é o que fica implícito quando você não tem os mesmos direitos das outras pessoas.” Clap, clap, clap!


Leia mais…

“Nunca pensei que conseguiria”, dia nadador Ian Thorpe sobre sair do armário

A gente amou: a senadora que não acredita no casamento gay é confrontada pelo irmão ao vivo

Quer um abdome igual ao saltados Tom Daley? Aqui!

As imagens do nadador gay Tom Daley nas Olimpíadas, veja

“Lance é a razão de eu ainda estar saltando”, diz Tom Daley sobre noivo

Cinco medalhistas gays que arrasaram nessas Olimpíadas