7 agosto, 2017

He wants candy

O cantor americano Aaron Carter abriu o jogo sobre a sua sexualidade para os fãs

O cantor Aaron Carter, irmão mais novo do backstreet boy Nick Carter, resolveu abrir o jogo sobre a sua sexualidade numa carta aberta aos fãs via Twitter. Nela, contou que desde a adolescência sente atração por garotos. Olha só:

Para começar, eu gostaria de dizer que eu amo cada um dos meus fãs. Tem algo que eu gostaria de dizer que eu sinto que seja importante para mim e para a minha identidade que tem ficado armazenado no meu peito por quase metade da minha vida.

Isso não me deixa envergonhado, é apenar um peso que eu tenho carregado comigo e que eu gostaria de me ver livre. Eu cresci nesta indústria de entretenimento, desde que eu era pequeno, e quando eu tinha aproximadamente 13 anos de idade eu comecei a achar garotos e garotas atraentes. Durante anos eu pensei sobre isso, mas foi apenas quando completei 17 anos, depois de alguns relacionamentos com garotas, que eu tive uma experiência com um garoto que eu me sentia atraído. A gente trabalhava juntos e também crescemos juntos.

Para mim, a música sempre foi o meu templo. Música sempre será o que transcende todos nós e eu mesmo. Mas o meu objetivo atual é estar satisfeito. Eu nunca quero ser uma figura de desapontamento.

A melhor citação para somar é:

‘I’ve never felt as though I didn’t belong, I just acted as though I did’ (Eu nunca me senti como se eu não pertencesse, eu só fingia que eu pertencia) Boy George”

Fofo, né? Até hoje diversos artistas ainda encontram uma barreira para falar sobre a sexualidade, já que – por incrível que pareça! – o universo do showbiz ainda não é tão receptível quanto poderia ser aos artistas LGBT. Que bom que se abriu, Aaron <3


Leia mais…

Tem que ver: a reação de um garotinha quando o irmão revela que é gay

Alerta: levantamento mostra que a homossexualidade ainda é ilegal em 72 países

“Eu criei um personagem para sobreviver”, diz Matt Bomer

Comida gordurosa “torna” pessoas gays. Oi?

Aumenta o número de pessoas que aceitam os gays

Diversos garotos apareceram na escola de saia como protesto. Entenda aqui!