14 junho, 2017

True Colors

“Não queriam que eu me assumisse”, diz Colton Haynes sobre seus agentes em Los Angeles

Ano passado, a gente mostrou o quão emocionante foi o discurso de Colton Haynes durante a premiação da Human Rights Campaign. Ele falou, entre outras coisas, sobre ser gay e sua auto-aceitação. Durante o programa de rádio de Andy Cohen, esta semana, ele deixou ainda mais claro os motivos que dificultaram sua saída do armário. “Eles me disseram, no dia que cheguei em Los Angeles, que eu não poderia ser gay porque eu não trabalharia”, garantiu.

“Depois, eu estava com meus agentes e sua equipe que disseram que eu não poderia ser assim. Eles até tentaram me apresentar para garotas”, continuou. Não é segredo para ninguém que Hollywood tem suas limitações implícitas e explícitas com atores LGBT. Ainda mais quando o ator está numa série como Teen Wolf, na qual ele vivia um garanhão.

“Eles criaram rumores de que eu namorava a Lauren Conrad, do The Hills, por seis meses. Depois, eu namorei várias garotas jovens que, é claro, eu não namorei”, pontuou. Isso durou até o momento que o ator não aguentou mais atuar na vida real. “Eu estava cansado de não ser eu mesmo, de ter que abaixar a minha voz para certas coisas, de ter que me vestir de uma forma que eu não queria”. Até que ele contou para si mesmo – e para o mundo – que era gay. Mas essa história você já conhece. Veja a participação do garoto no programa no vídeo abaixo…


Leia mais…

Colton Haynes chora ao contar sobre ser gay. Fofo!

Colton Haynes abre jogo sobre ex-namorados, traições e passado, leia!

Colton Haynes pede desculpas à família. Veja aqui!

Colton Haynes sobre ser gay: “era segredo?”