5 janeiro, 2017

#Prideforeveryone

Emocionante: Google levou a parada gay de vários lugares do mundo para jovens colombianos

A gente se gaba de uma das maiores paradas gays do mundo. Pessoas de todos os cantos do Brasil, e de fora do país, fazem questão de fazer check-in em São Paulo, ou em outras cidades, durante o evento de liberdade de expressão. Infelizmente, alguns países ainda não encontraram tamanha liberdade, e suas comunidades sofrem com a falta de aceitação. Na Colômbia, por exemplo, o mundo voltou os olhos para um adolescente, Sergio Urrego, que cometeu suicídio após se sentir um peixe fora d’água em seu colégio.

O Google encontrou uma forma de levar as celebrações LGBT para essas pessoas, como o Sergio, que ainda não conseguem se expressar como gostariam. Eles coletaram diversas cenas das últimas paradas e fizeram uma colagem que é exibida num óculos de realidade virtual. Por meio do projeto #PrideForEveryone, levam esses óculos para as comunidades. Veja como foi a união do Google com a instituição de Alba Reyes, a mãe de Sergio, no vídeo abaixo.


Leia mais…

O primeiro-ministro na parada gay, no Canadá

Policiais pedem namorados em casamento na parada gay de Londres