14 dezembro, 2016

Comer ou não comer, eis a questão

O seu treino não está rendendo tanto quanto gostaria? Talvez você não está consumindo alimentos proteicos da forma certa…

Às vezes o nosso corpo não está do jeito que a gente gostaria que estivesse, então a gente culpa a academia. Mas você tem treinado com regularidade e sua alimentação está controladinha. O que está acontecendo? Talvez você não está ingerindo proteínas da maneira certa… Siga a lista de sins e nãos e descubra se o problema mora aí:

Não coma toda a proteína de uma vez só. O nosso corpo não reserva proteína da mesma forma que guarda os carboidratos ou a gordura, então não precisa comer frango, ovo, iogurte e uma dose de whey na mesma refeição. Os nutricionistas garantem que 20 a 30 gramas de proteína, por refeição, é mais que o suficiente.

Sim, coma um snack proteico, com 20 ou 30 gramas de proteína, após treinar. Você rasgou algumas fibras musculares e elas precisam de matéria-prima fresca como catalisadora da regeneração e do crescimentos delas.

Não coma só proteína o dia todo. Evitar frutas, vegetais e grãos é sinônimo de não ingerir vitaminas e minerais que são importantes para o funcionamento do nosso corpo.

Sim, prefira proteínas direto das fontes – ovo, frango, carne vermelha, derivados de leite. Se você quer dar uma turbinada, vá de whey protein, porque é o suplemento que o corpo consegue digerir facilmente.

Se você é vegetariano ou vegano, não bobeie. Se você quer que os músculos cresçam, tem que abocanhar os alimentos certos, como quinoa, feijões, nozes, tofu etc.

Não troque refeições por barras de proteína se você quer perder peso, porque elas são supercalóricas. Você vai engordar e elas nem são saborosas…


Leia mais…

The Runister, o app que paga pelas suas corridas

20 minutos deste treino equivale, acredite, a uma hora de academia

Sabia que treinar estressado pode ser ruim? Entenda!

9 erros que você não pode cometer na academia

Anote e adote: 10 alimentos que substituem o whey protein

Você precisa mesmo tomar whey protein? A resposta é não! Entenda aqui!