26 setembro, 2017

Aplicativo, aplicativo meu

Segundo um estudo, homens que usam apps de namoro são mais insatisfeitos com seus físicos que os que não usam. Você concorda?

Quem nunca usou um app de namoro (ou algo assim), que atire a primeira pedra. A verdade é que se esse tipo de aplicativo não fizesse sucesso, não haveriam tantas opções no mercado, né? Mas não estamos aqui para fazer apologia ao uso e, sim, contestar o que a utilização deles tem causado. Aliás, isso já foi pauta aqui no UAA inúmeras vezes. Segundo um estudo levantado pela revista Attitude, homens que usam Tinder com regularidade mostraram maiores níveis de vergonha em relação aos próprios corpos.

Eles deram sinais de insatisfação sobre a altura, peso, pelos corporais e, até, tamanho do pênis. Ao mesmo tempo, os mesmos utilizadores do aplicativo também provaram ser mais rígidos em relação ao corpo das outras pessoas.

“Nossos resultados sugerem que o Tinder representa um mediador contemporâneo das pressões em relação a aparência, e o uso do aplicativo é associado a uma variedade de percepções negativas sobre o corpo. O uso também ajuda a internalizar ideais de aparência e a fazer comparações com outras pessoas”, garante a revista.

E aí, você concorda com o resultado?


Leia mais…

As celebs que mostraram a cara contra a cura gay. Vem saber!

A gente precisa assinar a petição contra a cura gay! Aqui!

Pabllo Vittar fala de preconceito, carreira na gringa mais em entrevista exclusiva!

Por que precisamos de mais mulheres militantes dos gays como Deborah Secco

André Almada debate o ódio contra os gays

Por que se evita falar sobre HIV para a população LGBT?

Precisamos discutir por que os gays estão se matando