16 outubro, 2015

Força gay

Atletas que não têm medo de dizer que são gays? Sim, eles existem e a gente listou seis que pouco se importam com o que vão falar

Uns tem taças, outros, medalhas. Alguns atuam em campos e quadras, outros, na água. Mas todos tem algo em comum: mandam bem no que fazem e estão totalmente fora do armário! Abaixo, os atletas gays que não têm medo de falar de sua condição.

Tom Daley

1386009390690.cached

O britânico Tom Daley é o pupilo britânicos dos saltos ornamentais e ganhou uma medalha de bronze na competição da plataforma de 10 metros na Olimpíada de 2012. Aos 19 anos, ele revelou para o mundo ser gay: “Eu conheci alguém e ele me fez sentir tão feliz e tão seguro e tudo parece estar ótimo agora – e esse alguém é um cara”, disse o novato na época. Há poucos dias, Daley anunciou seu noivado com o roteirista Dustin Lance Black.

Jason Collins

BROOKLYN, NY - MARCH 10: Jason Collins #98 of the Brooklyn Nets during a game against the Toronto Raptors on March 10, 2014 at the Barclays Center in Brooklyn, New York. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this photograph, User is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2014 NBAE (Photo by Jesse D. Garrabrant/NBAE via Getty Images)

Astro do basquete já aposentado, Jason Collins jogou as cartas na mesa em 2013: “Eu não planejei ser o primeiro gay assumido que joga num grande time americano, mas já que eu sou, fico feliz em conversar sobre isso”. Maravilhoso, não? E além da carreira nos esportes, ultimamente Collins tem se dedicado ao ativismo.

Keegan Hirst

Keegan-Hirst

Outro britânico na nossa lista, e dessa vez ele vem do rugby! Keegan Hirst, capitão do time Batley Bulldogs, saiu do armário agorinha, em Agosto: “Eu nem podia dizer ‘sou gay’ na minha cabeça, em voz alta. Agora eu sinto como se estivesse expirando um ar que prendia há muito tempo”, disse ele, que é o primeiro esportista britânico ainda em atividade a revelar sua sexualidade. Bacana!

Michael Sam

o-MICHAEL-SAM-facebook

Primeiro jogador abertamente gay a integrar a NFL, liga de futebol americano dos EUA, o desfecho de Michael Sam aparentemente não é tão feliz quanto os outros. Depois de se afastar dos gramados para tratar problemas de saúde mental, ele admitiu achar que sua carreira tomaria rumos melhores caso ele tivesse continuado dentro do armário: “Mas eu não me arrependo”, diz Sam.

Robbie Rogers

CARSON, CA - MAY 26: Robbie Rogers #14 of Los Angeles Galaxy looks on prior to the start of the game against the Seattle Sounders FC at The Home Depot Center on May 26, 2013 in Carson, California. (Photo by Jeff Gross/Getty Images)

Um dos principais nomes do time de futebol LA Galaxy, Robbie Rogers se libertou em 2013: “Sempre achei que pudesse esconder esse segredo”, confessou, e ainda surpreendeu ao revelar que muitos amigos o apoiaram quando souberam desse segredo. “O futebol me deu uma alegria que eu nunca pude imaginar. Sou muito grato à minha carreira”. Bom seria se por aqui a aceitação fosse a mesma, não acha?

Ian Thorpe

Australia's Ian Thorpe takes a rest after finishing sixth in a heat of the Men's 100m Individual Medley at the FINA Swimming World Cup in Singapore Friday, Nov. 4, 2011. Thorpe, who retired in 2006 after winning five Olympic gold medals and 11 world titles and setting 13 individual world records, returned to his competitive race in five years. (AP Photo/Bryan van der Beek)

Medalhista olímpico, Ian Thorpe integra a realeza da natação australiana. No último ano, o nadador revelou em uma entrevista ser gay depois de negar muitas vezes sua sexualidade: “Eu queria ter me assumido há um tempo. Não achei que eu podia. Parte de mim não sabia se a Austrália queria que seu campeão fosse gay”. Apesar dessa resistência, hoje ele se sente mais que confortável. “E eu não quero que os jovens cresçam sentindo o que eu senti”.


Leia também…

Tem-que-ter: o livro dos atletas que saíram do armário

Matt Damon e a polêmica dos atores gays que não saem do armário